E-commerce de Moda – Live eCommerce
E-commerce de Moda
12 abr 2017
E-commerce de Moda
12 de abril de 2017
Posted On: 12 de abril de 2017 | by: Live

Categories: Negócios

Tags: , ,

Não é à toa que a internet abriu espaço para novas possibilidades de compra e venda de produtos e serviços. A cada dia, vemos novidades e inovações de empresas e marcas, a fim de fidelizar clientes, conquistar novos e aumentar sua fatia no mercado.

Uma dessas estratégias que surgiram nesse espaço foi o e-commerce, e muitos setores partiram para o uso dele para alavancar suas vendas e firmar tendências. A moda foi um desses ramos que mais cresceu no Brasil nos últimos anos. Embora o e-commerce não seja tão diferente de uma venda feita numa loja fixa, é o trato com o cliente e a comodidade que ele sente em comprar algum produto até na sua casa que cativa ainda mais o uso desse serviço.

O despertar para o e-commerce de moda ainda apresentou um período de tempo para se aperfeiçoar antes de se tornar uma prática comum entre os brasileiros. De acordo com o E-bit, o Brasil subiu da 14º para a 8º no ranking dos países que mais alavancam o mercado de moda no mundo. Em 2016, o e-commerce de moda foi responsável por 15% desse desenvolvimento econômico como uma alternativa ainda mais viável para realizar vendas de sapatos, bolsas, óculos e outros itens.

Para ter noção do quanto o e-commerce é algo valioso aqui no país, cerca de R$ 150 bilhões de reais foram movimentados de 2015 a 2016 por esse setor em vendas de produtos online.

A mulher é o principal foco do e-commerce de moda

As mulheres foram as grandes propulsoras para o uso mais concentrado dessa prática. Inúmeras lojas virtuais oferecem praticidade e uma variedade de facilidades para compra de vestuários e acessórios para o público feminino. E não só as lojas virtuais, mas as empresas de assessoria para compra online, como é o caso do I Love E-Commerce, lucram com essa atividade e acabam entrando na onda desse sucesso.

O futuro do e-commerce de moda no Brasil

De acordo com o E-bit, essa ferramenta apresenta bons frutos para crescer ainda mais no Brasil desde 2013. A estratégia mobile é o grande enfoque de empresários e grandes marcas, que apostam na execução dessa ferramenta para aumentar ainda mais a lucratividade e a visibilidade.

Com um aumento de R$ 28 bi para o mercado de moda brasileiro, o e-commerce fashion aposta no vínculo em duas áreas para o ano de 2017 e mais além: o mercado de acessórios, que apresenta um aumento de 7% ao ano nas vendas e a compra mais rápida e acessível por meio de dispositivos móveis, práticas bastante visadas pelo público feminino, que considera uma ação mais fácil a fim de deixá-las mais belas e formosas.

Outros pontos importantes que ainda estão sendo construídos e que podem ser fortes alavancas para o crescimento do setor é o marketing de relacionamento, poderosa ferramenta já utilizada em outros setores por conta do uso de redes sociais, e o público masculino, que tem marcado mais presença na compra de tênis, relógios e outros acessórios.

Comentários

comentários