E-commerce e Loja Física – Live eCommerce
E-commerce e Loja Física
05 abr 2017
E-commerce e Loja Física
5 de abril de 2017
Posted On: 5 de abril de 2017 | by: Live

Categories: Negócios

Tags: , , ,

Como as lojas virtuais têm ajudado o comércio físico

Lojas físicas crescem junto com e-commerce no mercado de vendas brasileiro

O comércio virtual, ou e-commerce, tem crescido no Brasil. Há pelo menos dois anos pesquisas mostram que os consumidores brasileiros estão confiando cada vez mais na internet para fazer suas compras, e os números das vendas online só crescem. Não apenas as lojas eletrônicas, mas até mesmo as lojas físicas, com razão, estão pegando carona nesse crescimento para investir na internet e crescer junto ao e-commerce.

Neste artigo, você verá como as lojas virtuais têm ajudado no crescimento das lojas físicas, e porque a tendência é que essa frutífera relação comercial se expanda cada vez mais, atingindo mais consumidores.

O fim dos obstáculos físicos

As lojas físicas são muito boas para os consumidores. Com elas, os clientes podem ir até o estabelecimento, ver o produto pessoalmente, analisar preços e escolher suas compras. No entanto, uma loja física possui um problema relativo à sua própria natureza: limites geográficos. Uma loja física atende a um público determinado, provavelmente proveniente do mesmo bairro ou da mesma cidade, quando muito, de cidades vizinhas quando a loja é referência em produtos não muito comuns em todo lugar.

Ao vender pela internet, estes obstáculos físicos desaparecem. Clientes do país todo podem adquirir os mesmos produtos em poucos cliques, de qualquer lugar do país, sem sair de casa. Como o preço do frete normalmente fica por conta do comprador, o lojista tem facilidades que envolvem apenas anunciar, realizar a venda e despachar o produto.

Clientes mais exigentes para lojas melhores

No entanto, não é porque um cliente não vai mais até a loja, que ele não é exigente com o produto vendido e o serviço prestado. Com a internet, os consumidores pesquisam muito mais sobre os produtos, a fim de encontrar bons preços e condições facilitadas de pagamento. O lojista que se aproveita disso com bom marketing digital e um serviço de qualidade abocanha boa parte do mercado, e usa a internet para vender os produtos também disponíveis em sua loja física.

Ir para a internet ou ficar para trás

Você, lojista, já deve ter notado que quase todas as lojas físicas de sua concorrência ou região estão migrando para a internet, e a lógica é justamente essa: quem não vai vender na internet acaba ficando atrasado em relação aos concorrentes, que já perceberam a força deste meio de fazer negócios.

Mais consumidores todos os dias

Os smartphones e tablets estão aumentando consideravelmente o número de brasileiros que têm acesso à internet. Isso quer dizer, em números brutos, muito mais consumidores em potencial para comprar os produtos de sua loja. Não dá para desperdiçar as oportunidades presentes na internet.

Investimento baixo de alto rendimento

Se você já possui uma loja física, não vai sair caro vender também pela internet. Afinal, você já possui os estoques necessários para vender. Basta investir em um sistema que suporte a demanda e contratar um profissional responsável para administrar o site, quando necessário.

Vender pela internet exclui da cadeia produtiva alguns elementos que agregam custos ao seu produto final. Vender no e-commerce permite que sua loja ofereça um preço muito mais competitivo e aumente ainda mais as vendas de seu negócio.

Comentários

comentários